Notícias

Impressões Digitais: João Vasco (Benfica e Castelo Branco)

Impressões Digitais: João Vasco (Benfica e Castelo Branco)

2019-01-29

O goleador do conjunto albicastrense, atual melhor marcador da Série C do Campeonato de Portugal, tem como viagem de sonho fazer um safari por África ou um mochilão pela América do Sul.

Qual foi a pessoa que mais influenciou a tua carreira?
Foram o meu pai e o meu avô. Não esquecendo o apoio incondicional dos meus avós, da minha irmã e da minha mãe em todo o meu percurso.

Quem é o teu melhor amigo no futebol?
O Jordão Cardoso, que joga comigo este ano. Moramos a um minuto de distância em Viana do Castelo e somos amigos desde os cinco anos. O Alexandre Machado, que foi meu colega de equipa no Mortágua FC (foi ele quem me levou para o clube) e também colega na faculdade. Desde aí continuamos muito próximos e falamos todas as semanas. Por último e não menos importantes, destaco o João Pedro Duarte, que foi meu preparador físico no Mortágua FC e meu orientador na tese de mestrado, por todos os conselhos, cumplicidade e dedicação à minha carreira tanto universitária como profissional. E o meu empresário Nuno Correia, por acreditar em mim e estar sempre lá nos bons como nos maus momentos. É como um irmão mais velho. Contudo, guardo muitos e bons amigos por todos os clubes que passei, desde a formação até ao atual clube.

Ídolo?
Os ídolos de infância eram o Ronaldinho Gaúcho e o Pablo Aimar. Hoje é o Lionel Messi.

Clube de infância?
Darquense. É o clube da terra e no qual fiz a formação.

Memória mais marcante no futebol?
Foi quando assinei o meu primeiro contrato na Primeira Liga.

Se não fosses jogador, o que serias?
A profissão específica não sei, mas teria de ser ligada ao desporto. Tirei uma licenciatura em Ciências do Desporto e Educação Física e segui logo para um mestrado em Treino Desportivo.

Tens algum ritual ou superstição antes dos jogos?
Costumo ir às duas balizas fazer uma reza. No fundo, falo com o meu avô, que já faleceu. Falo sempre por chamada com a minha mãe e com um dos meus melhores amigos, o João Ribeiro (uma pessoa muito especial na minha vida).

Qual é o desporto de que mais gostas a seguir ao futebol?
É uma pergunta difícil porque gosto de vários desportos e pratiquei vários, mas escolho o surf e o ténis.

Qual é o teu prato favorito?
Uma boa francesinha. Ou os cozinhados da avó. Qualquer um! [risos]

Filme favorito?
Não consigo eleger um, tenho muitos que me fascinaram. Como, por exemplo, o La Vie est Belle.

Programa de TV ou série favorita?
Gostei muito do Prison Break.

Livro favorito?
Talvez seja o que estou a ler agora. É um romance: Foi Sem Querer Que te Quis, do Raul Minh'alma.

Grupo ou cantor de eleição?
Ouço vários géneros musicais. Depende muito do meu estado de espírito, do momento....

Férias de sonho?
Um safari por África ou um mochilão pela América do Sul.

Cidade favorita?
Roma e Amesterdão. E, claro, Viana do Castelo. [risos].

Hobby preferido?
Sem ser jogar futebol ou ginásio? Passear com as minhas cadelas. Junto ao mar! Falta essa parte. [risos] Ler um bom livro a ouvir música. Também junto ao mar! [risos]

Qual foi o dia mais feliz da tua vida?
Foi quando assinei o contrato na Primeira Liga. Tive mais dois episódios que se aproximam desse, mas, se calhar, esse supera: quando terminei o mestrado, ainda por cima com uma boa nota, fiquei muito feliz, e quando marquei o meu primeiro golo como profissional.


Perfil
Nome: João Vasco Lima Santos de Miranda
Data de nascimento: 26 de dezembro de 1994
Posição: Avançado
Percurso como jogador: Darquense (formação), Vitorino de Piães, Darquense, Mortágua, Tondela, Gil Vicente e Benfica e Castelo Branco.

Faz-te sócio e joga na nossa equipa

junta-te a nós