Notícias

Impressões Digitais: Ré (Leões de Porto Salvo)

Impressões Digitais: Ré (Leões de Porto Salvo)

2018-12-12
Qual foi a pessoa que mais influenciou a tua carreira?
Sinceramente, acho que foi mesmo por mim. Quando jogava no Venda Nova e comecei a ver os jogos na TV, aquilo começou a motivar-me muito e dizia aos meus colegas que um dia ia jogar na Primeira Divisão: “Vou lutar, vou treinar muito e daqui a X tempo vou estar lá”. Acho que a motivação veio mesmo de mim. Lutei e treinei bastante para chegar à Primeira Divisão.

Quem é o teu melhor amigo no futsal?

Tenho bastantes amigos no futsal e um que me marcou muito foi o Nelson, que jogou comigo no Sassoeiros. É um grande amigo e até o convidei para padrinho da minha filha.

Ídolo?

Tenho muitas referências que para mim são uma inspiração. O Falcão é uma delas, o Ricardinho é o melhor do mundo, hoje não há comparação possível, mas havia outros que admirava muito como o Schumacher e o Marquinhos, que também jogava no Inter Movistar. São jogadores que vemos e dizemos: “Epá, estes são mesmo fora de série!”.

Clube de infância?

Sempre fui benfiquista.

Memória mais marcante no futsal?

O meu primeiro ano no Benfica foi o mais marcante. O Benfica vinha de, salvo erro, dois anos sem ganhar nada e se calhar muita gente duvidava da qualidade do plantel, não havia jogadores com muito nome, mas ganhámos tudo o que havia para ganhar. Foi um ano muito marcante.

Se não fosses jogador, o que serias?

Para ser sincero, não sei mesmo o que seria. [risos] Nunca pensei nisso, mas vou ter de começar a pensar no que vou fazer depois do futsal.

Tens algum ritual ou superstição antes dos jogos?

Não, por acaso não tenho nada.

Qual é o desporto de que mais gostas a seguir ao futsal?

Gosto de ver futebol, ténis e, às vezes, também vejo basket à noite, mas costuma dar muito tarde e fica mais complicado. [risos]

Qual é o teu prato favorito?

Gosto de coisas simples, como uma cachupa ou um bitoquezinho. Não tenho um prato assim mesmo favorito, como de tudo.

Filme favorito?

Um filme que me emocionou muito foi o Titanic.

Programa de TV ou série favorita?

Agora estou mais na novela da noite. [risos] Vejo muito o Segundo Sol.

Livro favorito?
Tenho o livro do meu colega Bebé na mesa de cabeceira, mas, para ser sincero, ainda não o acabei de ler. Mas estou a gostar, é interessante.

Grupo ou cantor de eleição?

Gosto bastante de um grupo chamado Ferro Gaita. São de Cabo Verde.

Férias de sonho?

Por acaso gosto muito de viajar. Já estive em muitos países de que gostei. O que se calhar me ficou mais na memória foi São Tomé. É um país que ainda não está muito desenvolvido e isso lembrou-me os tempos em que vivia nas barracas, no Bairro das Fontainhas, nas Portas de Benfica, que já não existe. Ali parece que estamos em Portugal nos anos 80/90. Mas, claro, é bom que as coisas evoluam. Foi uma viagem bastante agradável.

Cidade favorita?

A melhor cidade do mundo é Lisboa!

Hobby preferido?

Gosto de estar sentado no sofá a ver jogos, a conversar e a descansar. Não é bem um hobby, mas gosto de estar tranquilo e descansar. Antes gostava muito de jogar snooker, mas já não jogo há muito tempo.

Qual foi o dia mais feliz da tua vida?

Foi o dia em que a minha filha nasceu, apesar de também ter sido um dia muito perturbador, digamos assim. Ela nasceu com menos de sete meses, e quando nasceu a minha mãe explicou-me as coisas de uma maneira que pensei que tinha acontecido alguma coisa e foi muito preocupante. Mas depois a minha tia explicou-me como calma, que ela como tinha nascido prematura tinha de ir para a incubadora, e aí foi um alívio muito grande! Correu tudo bem, graças a Deus.

 

Perfil
Nome:
Nélson Ricardo Gomes Alves Santos ()
Data de nascimento:
4 de outubro de 1985
Posição:
Ala
Percurso como jogador:
União e Progresso da Venda Nova (formação), Priorenses, Odivelas, Sassoeiros, Sporting, Leões de Porto Salvo, El-Jaish (Catar), Leões de Porto Salvo, Benfica e Leões de Porto Salvo

Faz-te sócio e joga na nossa equipa

junta-te a nós